Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

Uma carta (fora dos) alunos de faculdade

...que vão realizar uma dissertação de mestrado: Tenham imenso cuidado com quem escolhem para vosso orientador. 

 

    Não estou a dizer isto por dizer, digo isto porque sei exatamente do que falo. Já tinha imensa gente que me tinha avisado, e eu pensava que estava bem informada (acerca dos orientadores da minha faculdade), mas pelos vistos enganei-me redondamente.

    Escolher um orientador que vos apresente temas interessantes, ou temas que gostem imenso é uma coisa, mas não se esqueçam do mais importante: escolher um orientador que, de facto, vos oriente!

    Há várias coisas que devem estar atentos para saberem fazer uma escolha certeira:

1) Encontrarem-se em primeiro lugar com o professor que estão interessados em escolher, antes de qualquer decisão (marcar atendimento para saber os modos como ele trabalha, como ele é, tudo o resto..);

2) Falar com ex-alunos desse orientador para saber feedback acerca do seu apoio/orientação;

3) Ver as suas metodologias de trabalho;

4) Informar-se se é um professor muito concorrido, se costuma responder a e-mails, a sua disponibilidade,etc..

 

    Eu fiz tudo isto acima, e mesmo assim fiquei com uma orientadora que julga e critica constantemente o nosso trabalho, dá-nos 0 orientação alguma, e não tem disponibilidade para nada. Por isso, tentem mesmo ouvir o máximo de testemunhos possíveis acerca do professor em questão, porque nem tudo o que parece é. E digo-vos uma coisa: Sentirem-se completamente sozinhos, sem saberem para que lado se hão-de virar numa altura tão importante para a vossa vida académica é horrível, e triste.

Com carinho,

A Carta

Quem é que, para além de mim, tem aquele amigo que leva tudo numa competição?

    Vocês sabem, aquela pessoa que tem de ficar sempre por cima. Quer seja num jogo qualquer, quer seja numa pura e simples constipação. 'Constipação?!' - perguntam vocês - 'Como assim?' Eu passo a explicar.

 

    Foi literalmente assim a conversa que tive há dias com um amigo meu:

Eu: -Epa estou a ficar cheia de calafrios, tive o dia todo assim...

Ele: -Oh calafrios também estive eu, e não me estive a queixar..

Eu: -Eu devo estar a chocar alguma, até porque passei a noite toda com dores de garganta, e hoje de manhã a mesma coisa.

Ele: -Grande coisa! É normal, está a ficar imenso frio!

Eu: -Mas não foi só hoje as dores de garganta, já estou assim há uns 3/4 dias, e não passa. Hoje à noite experimento tomar qualquer coisa.

Ele: -EISHHH, que exagerada! Também já tive isso, amanhã estás fina, não dramatizes *ri-se*

 

    O que acho mais piada é que quando é ao contrário, e esta pessoa tem uma constipação, fica em casa fechada durante dias e age como se o mundo fosse acabar amanhã... 

Dia Nacional do quê?!

pijama.jpg

 

    Pijama, dizem eles. (...) Opá só podem estar a gozar com a minha cara. Quer dizer, já não bastava o dia do gato, do peixe e do cão, agora é o dia Nacional do Pijama. Mas pronto, se existe o dia do sono e do sonho, é normal existir o do pijama também (porque faz parte do conjunto), até aí até "percebo". Agora: Decidirem que os alunos vão de pijama para a escola em comemoração a este dia, para mim, já ultrapassa todo o limite da estupidez.

    E não interpretem mal porque, para aqueles que não sabem, supostamente cada aluno que for de pijama para a escola reverte uma certa quantia de dinheiro (1Euro, se percebi bem) para ajudar crianças necessitadas, mas epá há limites. Então não se pode ajudar as crianças de outra forma, mais, digamos, normal?! Isto só me faz lembrar aquele desafio que esteve em moda durante uma série de tempo, em que as pessoas despejavam água gelada em cima da fuça, em prol de uma causa solidária. Desculpem, mas para alguém que já fez voluntariado durante anos, e que ajuda sempre que pode instutuições ou pessoas que me pedem donativos, há formas e formas de ajudar. Nunca tive de levar com água em cima, ou andar de onesie pela rua para ajudar alguém. Não concordo com este tipo de formas, acho ligeiramente ridículo. 

    Os pijamas para mim é quando é para dormir - e se eu vou para a minha escola (local em que devia de aprender) já vestida de camisa de noite, depois também não se admirem se eu não resistir a bater lá uma bela soneca. 

Paciência...

procura-s.png

...PROCURA-SE. Há cerca de um mês perdi a minha. O problema é que nem me lembro quando a vi pela última vez.

    Caracterizava-se por ser muito boa amiga, quase sempre presente para mim, e ultimamente não a encontro em lado nenhum. Há uns dias para cá tenho sentido imenso a sua falta, nem pareço a mesma sem ela. Sinto-me incompleta (e impossível de aturar). Pff agradeço todos os esforços para a encontrar, no caso de ter novidades contactar umacartaforadobaralho@hotmail.com

 

    Quem encontrá-la será bem recompensado.

    Obrigado.

 

    Carta

Expressões: "nesta altura do Campeonato.."

Nunca percebi essa expressão. Nunca. Só sei que hoje ouvi-a de novo, e oiço-a desde sempre, e nem me lembro quando começou a existir.

É daquelas expressões que me faz tantas dúvidas:

-Qual campeonato é que estamos a falar? Algum internacional ou nacional?

-Qual é a "altura" do Campeonato? É uma boa altura? Ou uma má altura? 

-O que é suposto isso querer dizer?

 

Irrita-me porque sou daquelas pessoas que adoro expressões e ditados populares, porque normalmente são sempre acertados, mas este nunca percebi qual é o sentido.

Se alguém souber, por favor, partilhe comigo. Até lá, toda a gente que eu continuar a ouvir dizer "Bem, mas nesta altura do campeonato..." eu vou simplesmente achar que se estão a armar em bons comigo mas que, na realidade, não fazem a mínima ideia do que estão praí a dizer. 

Razões por que o Outono não devia de existir:

 

*Chuva. Chuva. Chuva.

*Cenário deprimente: Folhas a cair, céu nublado, nevoeiro... 

*Mudanças de temperatura a torto e a direito

*Constipações e gripes, provenientes das mudanças de temperatura.

*Chegada de Insetos: traças, formigas, mosquitos, parasitas..

*E por último, se não houvesse o Outono saltava-se logo para o Inverno. E com o Inverno vem o Natal, os doces, e todas as coisas boas.