Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

A minha dieta de chocolates e fritos

    Desde o início da semana que estou numa espécie de "abstinência" de doces e fritos, e até agora não tem corrido nada mal, definitivamente muito melhor do que estava à espera. Isto porque, quem me conhece bem, sabe que tenho o vício de chocolate, assumidíssimo e nada controlado (comia pelo menos 1 alimento com chocolate por dia, todos os dias), o que não é bom:

a) para o colestrol, porque era consumido em excesso;

b) para a minha pele, que tem estado em pedido de socorro com carradas de borbulhas; e por último,

c) para os intestinos.

    Em relação aos fritos já não é bem vício mas ultimamente tenho também os consumido "às três pancadas", coisa que tem definitivamente de mudar. Foi desta forma que comecei a fazer pequenas mudanças nas minhas refeições alimentares. Ao Pequeno-almoço, como cereais, ao Almoço/Jantar tenho optado por peixe fresco, ou carne de aves; e ao Lanche/Ceia como sandes com queijo e fiambre de perú, ou um iorgurte, fruta, etc.. É de salientar que como sempre sopa e fruta no ínicio e final das refeições, e tenho feito um esforço também no sentido de fazer mais exercício. São pequenos passos eu sei, até porque quero ir devagar, mas o que interessa é estar no caminho certo para ser uma pessoa muito mais saudável!

    Algum de vocês está também a aproveitar o Verão para fazer uma dietazinha saudável? Quanto a mim, desejem-me sorte para cumprir com o plano estruturado, e... não cair na tentação do chocolate, que é o que mais temo! 

PROCURA-SE: Série para ver!!!

    Procuro uma boa série, para me fazer companhia neste Verão. :D Quero uma com uma história interessante, mas que não seja Thriller, Terror, nem um drama demasiado deprimente. Não sei se será pedir muito...  Comédias, sci-fi, mistérios, e romances são sempre bem-vindos. O meu gênero costuma ser estilo Orphan Black, Superstore, e Yonger.

    Se alguém tiver conhecimento de alguma série que se encaixe nestas características, é favor contactar a carta nos comentários abaixo. Obrigada! 

 

Casei os anos!!

    Fiz ontem, dia 23, os meus 23 anos. E como ouvi por aí dizer que isso significa que casei os anos, achei melhor fazer nada mais, nada menos, do que os meus votos de casamento. Se é para casar, que seja à grande!

Por isso mesmo, Eu prometo (que vou tentar)...

  • ...Nunca mais deixar uma série a meio;
  • ...Deixar o par das meias sempre um ao pé do outro, para quando sairem da máquina de lavar eu as encontre, e não tenha que fazer figura de tontinha, e usar meias de cores diferentes;
  • ... Acordar mais cedo para fazer exercício. Ok, é melhor tirar a última parte. Acordar mais cedo, só. (Hmm.. é melhor corrigir: Acordar mais cedo, só).;
  • ...Variar a música que meto como despertador, para depois não me fartar dela (já não posso com a música da Áurea - Busy for me);
  • ... Regar mais as minhas plantas, para que não morram tanto (preocupa-me que, algum dia destes, possa ir presa por assassínio de plantas);
  • ...Olhar mais para a data de validade da comida, para que não me aconteçam outra vez acidentes daqueles na wc... :(
  • Por último, prometo nunca mais chamar-me velha a mim própria, especialmente num post da sapo. Porque vou ser algo de muita piada 

    Ok, agora a sério... Claro que tudo o que disse acima era muiiito importante, mas ainda mais importante do que isso é que esteja cá para assistir a tudo isto passado outros 23 anos, e depois outros 23 anos, e depois outros 23... Porque na minha mente vou ser imortal.

    Imortal, imortal, não digo; mas que passe mais anos felizes com saúde, e com os que quero ao meu lado, é o que mais desejo.

    Happy B-day to me 

Eu defendo que as mães deviam dar as indicações aos turistas perdidos!

turista perdido.png

    Sabem quando os turistas estão perdidos e vos pedem indicações para ir a um determinado lugar? Pois é, eu raramente sei localizar o sítio pretendido, e, quando sei, nunca tenho jeito para lhes explicar o trajeto até lá. Já as mães é outra coisa, não sei como é que elas fazem aquilo, mas sabem sempre onde estão as coisas!

Estou a ficar velha para festivais :(

 

    Sei que não tenho dado notícias há algum tempo, mas com o festival à perna e os dias fora que tive depois, não tive muito espaço para me debruçar sobre estes carnavais. Ora, e por falar em carnavais e festa, como é que correu o festival afinal, perguntam vocês?

    Correu optimamente bem, apesar de haver dias em que conhecia só uma ou duas bandas, mas de modo geral diverti-me imenso com a minha companheira de aventuras. Contudo, apercebi-me de uma coisa um bocado triste: eu já não aguento 3 dias seguidos de festival  (no último dia encostei-me a uma árvore a descansar, ficando lá deitada durante horas, e quando finalmente me levantei, mal me conseguia mexer.) 

    E eu não percebi bem porquê... O que mudou dos outros anos. Será pelo facto de termos de andar 30 min a pé todos os dias, do nosso Hostel até ao festival (quando no ano passado ficámos num mais perto, que era apenas a 5 min)? Ou será porque, simplesmente, estou a ficar demasiado velha para isto? Porque eu tenho plena noção que um dia aguentava bem, o pior são os outros...

    E depois há ainda outro fator que me faz falar na possibilidade de estar a ficar velha... Ora, eu vou fazer 23 anos (spoiler alert), e senti que toda a gente há minha volta tinha os seus 15/16, o que me fazia sentir ainda mais COTA. Era raro quando encontrava alguém com aspeto semelhante à minha idade, e quando isso aconteceu, foi no dia dos Xutos (onde encontrei pessoal com os seus 40 e 50's, muito mais próximo de mim, como podem ver...).

    Mas falando a sério, não sei mesmo o que mudou este ano. Como a MJ comentava ao meu último post "Continuas a dançar? Ui, que senhora estafa!", eu diria mesmo que não é só estafa, é mais pó  'senhora estaférrima, cansada, e a precisar de férias, das férias.'.

 

Aqui vai a Carta para o Sol, aqui vai ela cheia de pica!

    Nos próximos 3 dias vou estar no Festival "Sol da Caparica", um festival que já é da praxe ir com as minhas 2 melhores amigas, e por isso este ano não pudia ser exceção!  

    Posto isto não se admirem se não disser nada durante esse tempo, visto que vou estar a dançar à musica do "Mariquinha, vem comigo pr'a Angolaaa...". Tentem não ficar a morrer de inveja hehe

Tinderella: Uma história de amor nos tempos modernos

    Não é novidade dizer que a forma como nos relacionamos uns com os outros mudou, e que as redes sociais representaram um papel transformador no que diz respeito à nossa vida amorosa. Uma das redes sociais que é mais conhecida por todos, para esse efeito, é o Tinder (para quem não sabe, é uma aplicação que une pessoas com um simples 'click', baseado-se na sua aparência física e localização próxima).

    Há dias li eu esta história, onde falava de dois jovens que tinham trocado mensagens no Tinder durante 3 anos, e que ficaram conhecidos pelas respostas originais que davam um ao outro. Tudo começou quando o rapaz meteu conversa com a rapariga, que só respondeu passado 2 meses, dizendo: "Sorry, my phone died! (=Desculpa, o meu telemóvel ficou sem bateria!)". Como achou piada à sua resposta, ele respondeu da mesma moeda, passado outros 2 meses: "Hey, sorry, I was in the shower (=Desculpa, estava a tomar banho)". As conversas sucederam-se sempre do mesmo modo, tendo o par chegado a ficar 1 ano sem responder um ao outro, sempre com desculpas originais.

    Claro que a América, e todo o mundo, ficou rendido ao casal, e chegaram mesmo a conhecer-se pessoalmente, no Good Morning America. Foi no mesmo programa que descobriram também que o Tinder oferecera, para os próximos dias, uma maravilhosa estadia no Havaí, só para os dois. Romântico, não é? Nem por isso... Ao que parece o encontro não correu assim tão bem como se esperava, e há quem diga que o clima entre os dois, durante a viagem à ilha paradisíaca, esteve bastante awkward. À pergunta "Vai haver um segundo encontro?" tanto o rapaz como a rapariga deixaram no ar "Os nossos destinos ainda se vão cruzar, certamente", que é um valente "ainda vamos ver o que é que isto dá".

    E agora digo eu: E não é para menos? Então os dois mal falaram durante 3 anos, sabem pouco (para não dizer quase nada) sobre um do outro, e agora é espectável que eles embarquem numa viagem ao Havaí, e voltem felizes, casados, e com três filhos?!... Deixem lá o casalinho em paz porque o que tiver que acontecer acontece, e até lá... vão aproveitando as viagens à borleau! ‎

I'm not a morning person...

 Eu juro que era a mulher mais feliz do mundo se descobrisse o segredo das pessoas que acordam bem-dispostas de manhã. Eu à noite tenho energia para dar e vender, o que me leva a deitar às tantas, mas de manhã nunca consigo ultrapassar a fase zombie/morto-vivo (vocês sabem do que estou a falar). E tenho inveja das pessoas que conseguem! Será alguma coisa que metem no café? 

Retrospetiva de Julho // Planos para Agosto

    Há dias, a navegar pelos mundos da sapo, descobri que alguns bloggers andam a escrever acerca dos seus planos para o mês de Agosto. Eu, achando uma excelente ideia esta, quis também juntar-me à festa! (até rimei)

    A meu ver, o mês de Julho passou demasiado lentamente. Ao olhar para trás, fiz coisas no início do mês que eu própria já nem me lembrava que tinha feito. Em Julho, concluí o meu estágio curricular; o que me deixou imensamente orgulhosa e entusiasmada para a fase seguinte (inscrição na tese). Fui também à minha primeira entrevista de emprego, que, apesar de não ter corrido exatamente como eu queria, foi uma experiência fundamental de se passar :)

    Foi neste mês que ganhei, pela primeira vez, um passatempo que me levou a um teatro com toda a família, no Casino Estoril (algo que eles adoraram, visto nunca terem lá ido). Em Julho, fui ao cabeleireiro pintar os meus cabelos de loiro, e apesar de não ter sido esse o meu objetivo inicial, agora estou fã! 

    Por último, foi nesse mês que fiz parte dos bastidores da série do Inspetor Max, da TVI. Foi uma experiência única, desde o stress vivido behind the scenes, o facto de ter conhecido actores fantásticos (e o famoso MAX!), até o descobrir de todo o processo que leva a gravação dos episódios (que é muito mais complicado, e demorado, do que muita gente pensa).

    Em Agosto, tenho previsto: Ir ao festival Sol da Caparica com a minha melhor amiga; Passar umas férias maravilhosas com o gajinho, em Belver; Ir de férias com a minha família para Monte Gordo (e aproveitar ao máximo a praia), Passar os anos com quem amo, e de preferência Ser chamada para figuração noutras séries

    E vocês que planos têm para este mês? Como vos correu o mês de Julho?