Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

DESAFIO: Recordar é Viver...

No cantinho da Marta desafiaram-me para relatar um/ou + recordações da minha infância, daquelas que considero mais especiais, por isso mesmo lembrei-me destas:

  • Tinha eu uns 6 anitos, a minha mãe vira-se para mim e pergunta-me "Olha, se pudesses escolher preferias ter uma maninha ou um cãozinho?". Sendo que desde que eu me conheço que queria ter um animal de estimação respondi rapidamente toda feliz: "Um cãozinho!!". Ela, com um ar desiludo por uns momentos, olha para o meu pai, depois olha para mim e só me responde: "Tarde demais, linda..."
  • Uma vez, andava eu na escola primária, tive um sonho super real onde a minha escola tinha sido assaltada, levaram imensa coisa, 'tava tudo pelos ares. Ora eu, míuda, ainda não distinguía bem o sonho da realidade, por isso fui contar ao meu pai como se tudo tivesse acontecido realmente. Ele acreditou, foi contar à Direção da escola...e graças a mim,a escola tem até hoje câmeras de vigilância  (o mais engraçado é que o meu pai só soube que não tinha passado de um sonho ANOS depois)
  • Quando tinha 2 anos fechei a minha mãe na cozinha à chave. Ela tava distraída a limpar a casa, e quando deu por isso, ligou para o meu pai (que não tava em casa e que se tinha esquecido da chave de casa, AI DESTINO), e para os bombeiros, explicares-lhe a situação, para lhe darem o número da vizinha de baixo para lhe abrir a porta... Tudo isto ao som dos meus berros desesperados porque não sabia da minha mãe! Mães sofrem...(é de salientar que a partir daí acabaram-se as chaves de fechaduras lá em casa!)