Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

Sexy vs Amamentação em público

 

    Tenho visto nestes últimos dias tanta coisa na internet sobre este tema, como o vídeo acima (que, verdadeiro ou não, reflete muito do senso comum que já vi por aí), que resolvi partilhar a minha opinião.

    Vou tentar explicar isto da forma mais fácil e direta possível: Como é possível que alguém acuse a amamentação em público de 'nojento' ou 'uma falta de educação', quando essa mesma pessoa precisou dessa amamentação para sobreviver? Em público ou não, a amamentação é necessária, diria mesmo fundamental para o crescimento e desenvolvimento do bebé. E não sei se é do conhecimento comum, mas o bebé não escolhe a hora que precisa de comer. O bebé não vê quando é que dá, ou não, mais jeito de se alimentar. Se ele precisa de comer, ele chora, e se ele chora e precisa de comer, a mãe não vai fazer o bebé esperar até chegar a casa (que aparentemente é o único sítio PERMITIDO de se amamentar um bebé), para o alimentar. Estas opiniões ultrapassam-me. Podem-me até dizer assim "Epá, mas não é muito agradável de se ver uma mãe com o seio de fora na rua a amamentar o seu filho", ao qual eu digo-vos assim: amamentar é um processo natural na vida das pessoas e todos nós temos o direito de estar num sítio público, e quem está mal e não se sente bem, tem solução, muda de sítio. Não vivemos num país assim tão pequeno que somos obrigados a partilhar o mesmo espaço com alguém que não queremos.

    Estas opiniões revoltam-me acima de tudo mais pela forma como algumas pessoas tendem a lidar com isso, como se fosse a escolha da mãe estar a amamentar a criança, como se a mãe estivesse a fazer de propósito para provocar as pessoas que têm à sua volta

    A outra questão é, como se pode também ver no vídeo, a disparidade de opiniões (quando em vez de uma mãe com o seio de fora a amamentar, se vê uma rapariga com um decote enorme) que passam do "que nojo" ao "que sexy" num instante. E eu não pretendo aqui julgar ninguém, porque cada um deve vestir aquilo que bem quer e que lhe apetece sem se preocupar com o juízo dos outros, o que pretendo evidenciar com isto é a diferença de opiniões que existem nos 2 casos. Pois o primeiro é vital para o ser humano e é, infelizmente, o mais julgado pelas pessoas.

    Esta é a minha opinião sobre o assunto, mas já tenho ouvido pessoas com motivos e razões completamente diferentes. Por isso estejam à vontade, se quiserem partilhar a vossa opinião. Gostava de saber se sou ou não a única revoltada com isto.

2 comentários

Comentar post