Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

Sobre ser anónima no Sapo

    No dia 6 o meu post sobre a Web Summit foi destaque (obrigada Sapinhos, mais uma vez!), e o que é certo que nesse dia fui a Lisboa (como bem vos disse  no post) para lados que desconhecia, que nunca tinha ido. E foi precisamente para esses lados, mais concretamente perto de Picoas, que calhei dar de caras com o prédio da Sapo!

    E eu achei aquilo tão... fantástico. Ali, mesmo à minha frente, estava alguma alminha caridosa que, naquele dia, por algum motivo, tinha achado por bem destacar o meu último post.  A minha primeira reação foi ir lá e agradecer o destaque, que todas as vezes me deixa tão feliz.

    Mas depois lembrei-me, ninguém faz a mínima ideia de quem é a carta... E que, se eu de facto fosse lá fazer isso, muito provavelmente a reação deles seria "Mas o que é que esta maluca está para aqui a dizer?.". Ou algo muito semelhante. E ao pensar nisso, não pude evitar esboçar um sorriso de orgulho. Porque é mesmo assim que eu quero que seja. 

    O objetivo do blog nunca foi tornar-me famosa, nunca foi ficar mais (re)conhecida. Nunca quis que a minha cara aparecesse em nenhum lugar associado ao blog, basta-me um nome: a carta. É mais do que suficiente.

    Isso não quer dizer que não tenha grandes expetativas com o blog, que eu todos os dias não dê o litro para o tornar cada vez melhor para vocês, para mim, para todos. Cada dia 'a carta' se torna mais "eu", e cada dia me dá mais gosto escrever.

    Já é o meu cantinho pessoal. Já conheço grandes pessoas aqui, já é parte de mim. Contudo, nem tão cedo vai deixar de ser anónimo, porque é assim que me sinto mais à vontade, e é assim que me deixa feliz. Pelo menos, por agora... 

14 comentários

Comentar post