Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

Tinderella: Uma história de amor nos tempos modernos

    Não é novidade dizer que a forma como nos relacionamos uns com os outros mudou, e que as redes sociais representaram um papel transformador no que diz respeito à nossa vida amorosa. Uma das redes sociais que é mais conhecida por todos, para esse efeito, é o Tinder (para quem não sabe, é uma aplicação que une pessoas com um simples 'click', baseado-se na sua aparência física e localização próxima).

    Há dias li eu esta história, onde falava de dois jovens que tinham trocado mensagens no Tinder durante 3 anos, e que ficaram conhecidos pelas respostas originais que davam um ao outro. Tudo começou quando o rapaz meteu conversa com a rapariga, que só respondeu passado 2 meses, dizendo: "Sorry, my phone died! (=Desculpa, o meu telemóvel ficou sem bateria!)". Como achou piada à sua resposta, ele respondeu da mesma moeda, passado outros 2 meses: "Hey, sorry, I was in the shower (=Desculpa, estava a tomar banho)". As conversas sucederam-se sempre do mesmo modo, tendo o par chegado a ficar 1 ano sem responder um ao outro, sempre com desculpas originais.

    Claro que a América, e todo o mundo, ficou rendido ao casal, e chegaram mesmo a conhecer-se pessoalmente, no Good Morning America. Foi no mesmo programa que descobriram também que o Tinder oferecera, para os próximos dias, uma maravilhosa estadia no Havaí, só para os dois. Romântico, não é? Nem por isso... Ao que parece o encontro não correu assim tão bem como se esperava, e há quem diga que o clima entre os dois, durante a viagem à ilha paradisíaca, esteve bastante awkward. À pergunta "Vai haver um segundo encontro?" tanto o rapaz como a rapariga deixaram no ar "Os nossos destinos ainda se vão cruzar, certamente", que é um valente "ainda vamos ver o que é que isto dá".

    E agora digo eu: E não é para menos? Então os dois mal falaram durante 3 anos, sabem pouco (para não dizer quase nada) sobre um do outro, e agora é espectável que eles embarquem numa viagem ao Havaí, e voltem felizes, casados, e com três filhos?!... Deixem lá o casalinho em paz porque o que tiver que acontecer acontece, e até lá... vão aproveitando as viagens à borleau! ‎

11 comentários

Comentar post