Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

#11DomingodeConsultório: Vamos falar de...obsessões?

TOC.png

    Quem nunca voltou atrás para ver se tinha fechado a porta de casa? Ou... quem daqui faz a sua rotina de manhã, segundo uma determinada sequência? Tudo isto são obsessões, tal como: rezar todas as noites; tendência para estar constantemente a limpar, organizar; verificar se algo ficou bem feito, ou por fazer...

    Apesar de ser relativamente comum os indivíduos possuírem pelo menos 1 tipo de obsessão, há que ter em conta quando esta(s) se tornam prejudiciais à sua saúde. Visto não ter havido perguntas para este domingo de Consultório, resolvi hoje, por isso, falar-vos do TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo), que é uma perturbação tão atual e presente nos dias de hoje.

    A perturbação, tal como o próprio nome indica, é composta por obsessões, que são pensamentos recorrentes e persistentes que provocam mau-estar ao indivíduo; e pelas compulsões, que são comportamentos repetitivos que a pessoa se sente levada a realizar, em resposta à sua obsessão. Por sua vez, estes comportamentos são muitas vezes exagerados, e não estão relacionados de forma realista com o que o indivíduo pretende neutralizar. A pessoa sente-se obrigada a realizar este tipo de ações, pois só assim consegue diminuir a sua ansiedade. As compulsões podem-se relacionar com: limpeza, verificação e organização.

    No entanto, há que ter especial atenção, pois para um indivíduo ser diagnosticado com TOC, há que haver critérios rígidos a avaliar como: se as suas obsessões interferem na sua rotina diária e os impossibilita de fazer uma vida normal, e se estas consomem mais de uma hora por dia.

    O meu conselho a quem se revê ou, que conhece alguém, com este tipo de sintomatologia é levá-lo a um psicoterapeuta cognitivo-comportamental - pois são psicólogos especializados em tipos de patologia como este.

    Espero que tenham gostado do consultório de hoje! Se virem que vos posso ser útil em alguma questão que tenham para a semana, não hesitem em deixar nos comentários as vossas questões 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

6 comentários

Comentar post