Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

#18DomingodeConsultório: Dificuldade em mudar, eu?

mudança.png

 

    Bom domingo a todos, espero-vos bem! Como passou este fim-de-semana? Na mesma, ou houve mudança de planos? É que nem de propósito, esse é o tema do consutório de hoje!

    Hoje quero agradecer ao Rapaz Secreto, que me propôs o seguinte: "julgo que abordar a dificuldade e resistência face às mudanças pode ser interessante!"

 

Porque temos medo de mudar?

  • Não sabemos o que nos reserva o futuro. A incerteza dá connosco em DOIDOS!
  • Temos medo de falhar. Quando nos tornamos demasiado perfeccionistas, o nosso medo de falhar e de algo correr menos bem leva-nos a evitar mudanças, de todo.
  • Temos dificuldade em seguir em frente (e temos uma visão negativa acerca da realidade). Quando algo corre menos bem, seja uma relação complicada, ou um trabalho mais tóxico, temos dificuldade em nos libertar desses momentos.

 

Como nos adaptarmos à mudança?

  1. Aceitar o passado. Quando aceitarmos que tudo tem um final, - e que esse fim, permite-nos iniciar um novo capítulo das nossas vidas, - conseguimos finalmente viver em paz. O final de uma fase da nossa vida não é algo obrigatoriamente mau, mas antes algo necessário para vir algo novo, e para nos dar espaço a novas experiências.
  2. Tomar consciência das nossas escolhas. Em vez de direccionarmos a nossa atenção para as nossas (falsas) expetativas que vêem com esta mudança, devemos antes focarmo-nos naquilo que conseguimos controlar.
  3. Aceitar que somos imperfeitos. Este é um passo dificílimo. Nem sempre iremos ter sucesso na vida, e não há problema, basta começarmos de novo! Devemos aceitar que errar é natural, e que vamos ter muito mais oportunidades para que as coisas corram melhor. Devemos também aceitar a imperfeição dos outros, e compreender que não podemos controlá-los.
  4. Praticar a mudança. Não diz o ditado "A prática leva à perfeição?!". Porque não começar a fazer pequenas mudanças no nosso dia-a-dia, que metam em causa a nossa zona de conforto? Inscrevermo-nos num hobbie que não é a nossa praia, irmos passear a sítios novos, conhecer gente nova...
  5. Evitar antecipações. Nós tememos aquilo que desconhecemos, contudo, grande parte das surpresas da vida tornam-se óptimas recordações. É irrealista pensarmos que conseguiremos controlar todos os aspetos da nossa vida. Se preocuparmo-nos em estarmos felizes no presente, não teremos espaço para ter medo de nada. 

 

(Relembro que, se estão a gostar dos Consultórios cá do blog, e gostariam de ver mais, seria muito importante que me apoiassem e votassem aqui na Carta, na secção Saúde, AQUI! Obrigada! ♥)

 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartafora.

9 comentários

Comentar post