Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

O Melhor de 2016 // Resoluções para 2017

    Boa noite bloggers, e bem-vindos aquele que vai ser o meu último post de 2016. 2016 foi um ano cheio de altos e baixos, mas acima de tudo altos (é sempre isto que gosto de acreditar)! No entanto, acredito que 2017 vai ser muito melhor (e trabalhoso), mas acima de tudo mais enriquecedor, e vai-me permitir imenso crescer.

    Por isso mesmo, e sem me querer prolongar mais, decidi hoje escrever os meus melhores momentos de 2016, que para uns podem nem ser nada de extraordinário, mas para mim foram com certeza super especiais e importantes. Aqui vai. 

Em 2016...

*Revi o meu grupo de amigos de longa data (7 anos, mothatrucker!), que já não via há imenso tempo!

*Fui passar férias com as minhas melhores amigas pela primeira vez (Costa da Caparica ftw!).

*Portugal ganhou o Euro!

*Experimentei fazer Ténis.

*Fui a spas com a minha família, a novos festivais, feiras, casamentos... e diverti-me pr'a caraças!

*Aperfeiçoei os meus dotes de maquilhagem (questionável)

*Fiz um novo penteado!

*Fui pela primeira vez a reuniões de trabalho.

*Comecei a estagiar no Centro de Saúde.

*Dei consultas de psicologia pela PRIMEIRA vez.

*Os meus pais fizeram 25 anos de casados!

*Passei o Natal com a minha família e com o meu namorado, também pela primeira vez.

 

Assim, em 2017 espero...

*Ter uma alimentação mais saudável (chocolate é a minha perdição, e por vezes isso causa-me muitas chatices..)

*Trabalhar mais no blog, para ele crescer mais e mais...(fazer rubricas novas, quem sabe... )

*TER MAIS TEMPO DISPONÍVEL PARA SAIR!

*Fazer mais viagens (possivelmente conhecer a Colleen, já eu queria em 2016). 

*Acabar o mestrado com boas notas.

*Terminar o estágio de forma bem sucedida!

*Começar a estagiar na Ordem dos Psicólogos.

*Crescer mais, e mais... 

 

 E vocês, já têm as vossas resoluções feitas para o próximo ano?

 

"Tomorrow is the first blank page of a 365 page book. write a good one."

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Kylie Jenner: a miúda que veio para ficar

 

    A moda da Kylie Jenner, e de todas as Kardashians em geral, não é nova para ninguém (nem para os mais distraídos, como eu). Já faz tempo desde que a obsessão por esta família começou, e desde as notícias sobre o possível divórcio da Kim ou não, até às sobre a nova gama de maquilhagem lançada pela Kylie, o que é certo é que eles estão na boca do mundo, e não há lugar nenhum que não saiba quem eles são. Mas vou-me concentrar nesta miúda por momentos, porque é aquela que está agora a receber o 'BUM' da fama. 

    Na internet não se fala de outra coisa no que diz respeito a trends de moda. Seja as injeções de lábios da Kylie, as plásticas, a maquilhagem de contorno, as roupas que fazem sobressair as curvas, as posses para selfies...tudo quer imitar a rainha da fama neste momento. E não há nada de mal nisso, pelo menos que eu veja. A rapariga, digam o que disser, é linda de morrer, espalha inveja por onde passa, e é normal até certo ponto as pessoas quererem isso também para elas, essa atitude de confiança que ela tem.

    Mas lá está, como eu disse, até certo ponto, pois como tudo na vida eu não concordo com extremismos de nenhuma forma. E por esta altura já me está a chegar um grande exagero por parte dos media no que diz respeito a esta miúda: pessoas a fazerem injeções de lábios a torto e a direito, tatuagens de sobrancelhas, plásticas, etc, etc. só para ser mais uma a fazer parte do clube de fãs da Kylie, só para ser igual à Kardashian mais in do momento. E quando vejo vídeos como este, no qual colocaram mães a vestirem-se e arranjarem-se como a Kylie durante um dia, ponho-me a pensar se já não está na altura de acalmar 'um bocadinho' esta febre. 

    Cada pessoa deve ser livre de se arranjar como bem lhe apetecer é certo, mas também acho importante não nos mudarmos a nós próprios. Qual é a piada em sair à rua e ver que o nosso estilo de roupa é exatamente igual a 80% das raparigas com que nos cruzarmos? Quem diz roupa diz maquilhagem, cabelo, corpo, sei lá... Sei que estou bem longe de ser perfeita, mas não me importo nada, e não vai ser por isso que vou tentar mudar o meu corpo, roupa ou o que quer que seja. Estou muito feliz como estou.

 

 

    No entanto, a minha dúvida continua, será que a moda da Kylie vai aguentar até 2017 também? Ou vai acabar, tão rapidamente como começou?

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Eu invejo as pessoas que fazem Blogmas.

 

    A sério que invejo. Não sei como é que vocês conseguem arranjar tempo para fazer um post cada dia. Eu mal tenho tempo para comer cada dia,  quanto mais para postar no blog!

    Dezembro é o mês das loucuras. É sempre a altura do stress das prendas, preparar férias e pda... a juntar às minhas aulas, estágio, e afins.. mata-me do coração. É verdade que este mês tem sido para esquecer, sempre a correr de um lado para o outro, e o blog tem sofrido também um pouco essa ausência com muita pena minha..  Mas amanhã se tudo correr bem vou dar uma escapadela neste fim-de-semana, e pode ser que quando voltar venha como nova! Vamos esperar que sim! 

    Quanto a vocês, pessoal da sapo, se entretanto não vos vir mais, quero-vos desejar um excelente Natal e umas boas entradas para 2017. See you soon

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Tájaver?!

    Tenho uma colega de trabalho que está constantemente a dizer "-Tás a ver?!" Mas literalmente a toda a hora. Aliás, se eu ganhasse 1 cêntimo cada vez que ela dissesse "tás a ver", no final do mês já teriam uns milhões.

    É só "-tás a ver" para cá e para lá sempre no final de cada frase que diz, é uma coisa impressionante. Nem sei como é que aquilo é possível, já deve ser tique nervoso (cada um tem o seu atenção, os meus devem ser mil vezes piores).

    A cena é que ela fala que se desunha meu, então eu estou sempre a dizer que sim, que estou a ver.

 

 

    O que me chateia acima disto tudo é que aquela cena pega-se, tás a ver?! Arghh...

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Uma Carta (fora do) Pai Natal

Como é que é, Pai Natal?! Já há um bocado que não nos falávamos, é verdade...Então como é que tens passado aí no friozinho? Cá em casa, as gripes do costume, mas tirando isso está tudo bem...

Sei que nesta altura andas mais concorrido que o papa, mas mesmo assim gostava de te deixar aqui umas pequenas sugestões para quando passares aqui pela minha casinha, e quiseres-me deixar uma recordação...Sim, porque apesar de tudo tenho-me portado bastante bem, por isso acho que bem mereço!

 

prendas natal '16.png

 

1) Palette Geometricolor, da Sephora

 

Já ando a namorar os produtos da Sephora há imenso tempo, mas quando vi a Maria Vaidosa a falar desta palete ENORME de sombras, lip glosses, e por aí fora...Oh Deus, foi como se o cupido me acertasse outra vez... É lindíssima, tem cores fantásticas, e vai ser minha se (Deus)  o Pai Natal quiser 

 

2) Instax Mini 8 (roxo)

Estas máquinas fotográficas são puro e simplesmente a coisa mais fofa à face da terra! E quem disser o contrário não sabe o que diz! Já imaginaram o que é verem as vossas fotos pequeninas imprimidas só para vocês, e puder decorá-las onde quiserem e bem vos apetecer?! Um mimo digo-vos eu...

 

3) Cat Onesie (ou outro onesie qualquer, não sou esquisita)

Tenho um já cá em casa do Totoro, e foi das melhores coisas que me aconteceu. A minha casa à noite vira a Antártida, por isso onesies como estes nunca são de rejeitar! São práticos, quentinhos e super adoráveis. Quanto mais, melhor!!

 

4) Modelador Stylist Easy Curl Ci6219, da Remington

Há dias ouvi falar super bem do Secador/Modelador da DYSON SUPERSONIC (que custa tipo 400 Euros), e idealmente era uma coisa deste tipo que me fazia falta: seca, estica, e ondula perfeitamente o cabelo (e durante muito tempo, que é isso que eu quero). Mas como ninguém nasceu num berço d'ouro por aqui, e há a necessidade de se descer um bocado mais à terra, fui encontrar este Modelador de cabelo que me parece bastante jeitoso para aquilo que pretendo, e com um preço "relativamente" mais aceitável - ronda os 40 euros (é só menos um zero).

 

5) Relógio Tommy Hilfiger

Lá está, este é outro dos presentes que eu vou continuar a sonhar ter. Sim, porque muito dificilmente vai passar disso  

Ainda nem fui procurar o preço deste pequenote, mas não me parece que vale a pena o fazer. A ideia aqui é que eu preciso imenso de um relógio para a minha atividade profissional, e dos vários tipos que há, era um deste estilo que gostava de ter - vamos lá ver se o Pai Natal acha que mereço.

 

6) Perfume Zara Collection (para homem), da Zara

Sempre preferi os perfumes de homem aos de mulher, muito sinceramente. Não sei bem explicar porquê, mas os de mulher não são feitos para o meu nariz. Todos-me parecem que duram pouco tempo, o cheiro mal se nota, e os odores não são os da minha eleição.. Por isso dei a sugestão desta coleção da Zara, pois é o que já conheço e o que me dou muito bem.

 

E vocês? Que prendinhas vão pedir este Natal ao Pai Natal? =)

 

A Carta.

 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

O que aprendi, na minha profissão

    Estudar psicologia, na minha opinião, é como tirar um curso para se tornar uma melhor pessoa.

   Talvez esteja a exagerar. Mas faz sentido, até porque se o nosso objetivo é ajudar a pessoa a ultrapassar as suas dificuldades, e a melhorar-se a si própria, temos de melhorar a nós mesmos (psicólogos) em primeiro lugar.

    A Psicologia ensinou-me, por exemplo, a ser uma pessoa menos egoísta (o que não quer dizer que já não seja ), mas aprendi a colocar-me mais facilmente no lugar do outro aprendi!, a pensar mais no seu ponto de vista. Acho tão frequente hoje em dia as pessoas colocarem-se só no seu lugar, na sua pele, e esquecerem o outro, é tão mais fácil. As pessoas ficam abrangidas com os seus próprios problemas do quotidiano, e esquecem-se de que o outro também existe. Eu própria, para conseguir sair dessa situação, vejo-me perguntar a mim mesma "-No lugar daquela pessoa, como é que eu me sentiria?", e isso muitas vezes ajuda-me a 'descer' à razão.

    Depois, aprendi também a ser mais fria em algumas situações. Não quer dizer que seja um coração de pedra (de todo, até porque continuo uma pessoa muito emocional, e choro com facilidade). Mas aprendi a não me deixar afetar de forma tão intensa pela minha dor, e pela dor dos outros. Porque pode acontecer ter consultas de 1 hora com um paciente que não páre de chorar o tempo todo, seja pelo motivo que for, e eu tenho de compreender e empatizar com sua dor, mas não me deixar afetar por isso. E isso treina-se.

    Aprendi também a fazer menos julgamentos acerca dos outros, a não julgar 'o livro pela capa', como se costuma dizer. E não atribuir toda a culpa à pessoa em si: ter em conta todo o seu contexto, a sua forma de vida, o seu passado. No fundo, aprendi a não ser tão extremista no que diz respeito à culpa (que é sempre tão subjetiva...), e antes de apontar um dedo aos outros, apontar um a mim própria, como já dizia antigamente.

    Porque ninguém é perfeito, até porque se fossemos, este mundo seria uma seca. :)

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Não faço por menos!

A maioria das pessoas tem nesta altura uma constipaçãozita, ou uma gripe chata qualquer, algo do género...

Eu tenho uma gripe sim, que chegou ao mesmo tempo daquele maravilhoso presente que chega às mulheres todos os meses. Porque gripe não é suficiente sozinha, tinha de vir muitíssimo bem acompanhada (e em força!), aff...

 

Não sou uma sortuda?! Eu sei que estão com inveja... 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.