Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

Sou uma mulher livre (de dor de dentes)!

    Como muitos sabem estava a usar aparelho dentário há 3 anos, principalmente para corrigir os dois dentes da frente que pareciam nunca se terem dado... desde sempre. Pois bem meus caros, hoje o sofrimento acabou.

    Chega de visitas mensais ao dentista, de ocasionais dores de aperto do aparelho, de microimplantes para aqui e para ali, visitas ao bloco operatório, constantes preocupações com a comida nos dentes (uff, que pesadelo...). Tudo isso chegou ao fim. ESTOU LIVRE DO APARELHO!! Ao fim de três anos, tenho os dentes como queria!

    Acreditem que a sensação de alívio é óptima! A emoção é tanta que a mim só-me apetece fazer uma festa para festejar o meu novo sorriso, imaginem vocês. E nessa festa incluir todas as coisas que evitei comer durante este tempo todo: batatas fritas, pipocas, carnes duras, pastilhas, etc, etc... Quem alinha? hehe 

 

 

*A parte chata é que isto não chegou bem, bem, ao fim, pois falta o aparelhinho de contenção (é tipo um molde transparente que se deve usar todos os dias para os dentes ficarem no sítio). Até agora a minha experiência com aquilo é que dói como tudo, porque faz uma certa pressão aos dentes para não se mexerem, o que vos faz 'babar' um bocado e falar à sopinha de massa (muito sensual, eu sei.). Mas é tudo uma questão de tempo, até estar livre de tudo, de vez. 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Efeitos da pílula?

(Rapazes que por algum motivo estejam por aqui perdidos, este post não é o mais indicado para vocês. Esta é aquela parte das gajinhas que vocês menos compreendem. Até nós!)

    Há cerca de uns 3 meses comecei a tomar a pílula. Para além de estar num relacionamento amoroso, tinha cólicas horrivelmente dolorosas naquela altura do mês, e para mim, eram dois motivos mais que suficientemente fortes para a começar a tomar. Comecei por tomar uma muito fraquinha, a Minigeste, e digo-vos uma coisa: realmente achei muito fraquinha, porque não notava efeitos secundários nenhuns. Em toda a minha vida ouvi coisas horríveis de raparigas: que engordava, que dava enchaquecas, causava estrias, náuseas, aumentava a probabilidade de desenvolver depressão, e por aí fora... Em mim nunca teve efeito nenhum. Ou pelo menos que notasse. Até agora.

    Ultimamente, como quem diz de há umas semanas para cá, noto-me...diferente. Continuo eu, mas numa versão mais sensível, irritadiça, com mudanças de humor repentinas... No fundo com as emoções mais "à flor da pele." Se estou cansada, estou de rastos; se estou chateada, estou passada 'dos carretos'; se estou triste, desato a chorar... De modo geral, estou com menos paciência para os outros. E antes não me sentia assim, ou pelo menos que me lembro. 

    Claro que isto não acontece sempre, porque gosto de acreditar que 90% das vezes sou uma pessoa muito feliz, mas quando chega àquele 10%, aquele 10% é levado ao extremo. E gostava de saber se com alguma das meninas que toma -ou tomou- pílula, isto também lhe aconteceu. E se sim, o que fizeram.

    Na minha vida pessoal está tudo óptimo, não tenho nada de maior que tenha de me preocupar neste momento, e que me possa causar algum stress... por isso ponderei a hipótese de ser da pílula. Alguém me pode ajudar aqui? 

 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

A pessoa que dá SPOILERS!

spoiler alert.png

    Para quem ainda não soube pelo insta, eu comecei agora a ler o livro "As dez figuras negras", da Agatha Christie. Comecei há pouquíssimo tempo, por isso sei (ou sabia) ainda muito pouco da história. Sei que se trata de um policial, e que é sobre 10 pessoas que são chamadas a se reunir numa casa, pelo próprio hóspede. Até aí nada de mais, até elas se aperceberem que têm mais coisas em comum do que pensam... 

    Agora a parte do(s) SPOILER(s)! Se não estiverem interessados em ler a obra, podem prosseguir com o post. Estão a ver? Eu aviso! Eu dou um sinal de que vou contar mais da história do que é suposto, mas há muitas pessoas que não fazem isto! O gajinho é um exemplo!

    O gajinho já leu o livro há uns 500 anos atrás, e na altura gostou muito do livro, e por isso aconselhou-o também. E não é que eu agora que comecei a ler o livro descobri que ele é a pessoa que dá MAIS SPOILERS À FACE DA TERRA?... E o pior é que eu acho que ele próprio nem se apercebe de que é um spoiler, mas para mim é, e fico super passada!

    Eu vou-vos dar um exemplo, ele está a falar sobre alguma coisa e descai-se sobre pormenores que eu acho super importantes na história:

Ele: -E estás em que parte do livro?

Eu: -Estou na altura em que eles se vão reunir todos.

Ele: -Ahh, já sei. Então deves estar quase a chegar à noite um, porque eles depois vão morrendo um por um, e depois tens de descobrir o culpado hehe.. Mas não te vou dizer mais nada!

Eu: -... Eles vão morrer todos?

Ele: -Sim, mas isso está na sinopse, não te preocupes.

Eu: -Hmm, okay... Mas eu estou a gostar muito do livro, por acaso.

Ele: -É não é? É uma história de amor muito bonita...

Eu: -WHAT? De amor???

Ele: *silêncio*

 

    Noutro dia:

Eu: -Olha estou na parte em que o Dr. Armstrong e a Emily Blunt aparecem na carruagem, e depois chega o fulano tal (...)...

Ele: -Ai não me digas nomes que eu assim não sei, já li aquilo há muito tempo, eu só fixei o nome da personagem que matou os outros.

Eu: -Estás a gozar... Agora já sei que não deve ser um destes nomes! E que foi só um a matá-los, eu pensava que eram vários diferentes... 

Ele: *cala-se* -Ahmm.. Estava a brincar contigo haha Estou-te a tentar despistar...

Eu: -Faz-me um favor e não digas mais nada...

 

    Digam-me sinceramente se acham que estou a exagerar, please. E se acho que TUDO é um spoiler. É que eu levo as minhas leituras muito a sério, especialmente se há um crime para resolver! 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

O esforço vale a pena!

    A semana que passou foi particularmente mais difícil a nível de trabalho. Eram prazos para entregar documentos, outros para imprimir, alterações para fazer nisto e naquilo da tese, reuniões... Tudo isto porque tive de fazer, pela primeira vez, uma apresentação para um Congresso, coisa pouco chique como devem imaginar (e com poucas exigências!), a pedido da minha orientadora de tese.

    O resultado? Uma semana de correria de um lado para o outro, de lutas contra o tempo, noites (muito) mal dormidas, muitos nervos à mistura, muita responsabilidade envolvida, escassísmo tempo para ir para o blog, e acima de tudo, muito trabalho.  Todo o trabalho para um único dia, o dia do Congresso, tudo ia culminar nesse dia.

    Chegou o dia do Congresso. Faço a minha apresentação, discuto com o júri (no bom sentido), ele faz lá a sua avaliação, tudo bem. Então e não é que, no final, recebo o prémio de melhor apresentação do Congresso? Eu, que me estrei pela primeira vez nestas andanças, não fazia a mínima ideia do que estava para ali a fazer sentada ao lado de ministros sei lá bem do quê, fiquei em primeiro lugar nisto, COMO?!

    Ainda hoje estou para saber, parece que ainda não caí em mim. O que é certo é que, no final, todos me foram cumprimentar e dar os parabéns pela minha prestação. E eu com apenas 4 horas de sono, lá agradecia com a minha carinha de zombie, incrédula com o que tinha acabado de acontecer.

    Tudo isto para vos dizer: todo o trabalho que têm compensa, dá frutos, e eu recolhi os meus esta semana (eu a armar-me em Gustavo Santos...). Mas a sério, eu sei que é cliché, mas quando tudo parece ser o fim do mundo, não desistem, e lembrem-se desta história. Lembrem-se que todo o esforço vai valer a pena...  

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Eu já votei, e tu??

    A nossa querida Magda L Pais teve a excelente ideia de criar os Sapos do Ano 2017, uma iniciativa que ajuda a divulgar blogs que se destacam pela sua excelente qualidade, mas como não são (tão) conhecidos como o blog da Leonor Poeiras, ou de outra celebridade, acabam por não ser valorizados. 

    O "Sapos do Ano" destina-se não só a bloggers da plataforma sapo, mas também a bloggers de outras plataformas, que queiram participar.  E é super simples! Basta enviar um email à Magda com os teus votos nas categorias (há a de Opinião, Humor, Livros, Moda, Poupar, Música, Fotografia, Comida, Família e Generalista), ou então deixar um comentário no post, com o link dos blogs que queres votar.

    Eu na minha opinião acho que todos os 'sapinhos' se deviam unir e votar de vossa justiça no vosso sapo preferido! É uma forma tão bonita de promover o trabalho de pessoas, que lutam diariamente para manter o seu blog atrativo e interessante para todos os leitores. Que se lixem os Blogs do Ano, vamos-lhes mostrar que os Sapos do Ano é o que está a dar! 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Como funciona o Blogmas?!

Blogmas-800x800.png

    Como sabem (ou não) eu ADORO a época natalícia. E todos os anos acontece a mesma coisa: eu oiço falar de Blogmas, pessoas que lançam todos os dias posts sobre o Natal e só penso "Que inveja... Eu adoraria ter a disponibilidade, e imaginação, para postar diariamente coisas no blog, especialmente coisas relacionadas com o Natal..." Mas este ano tudo vai mudar! Vou, pela primeira vez, fazer Blogmas! Mas...à minha maneira.

    Como não quero prometer posts diários para depois não os puder cumprir, comprometo-me antes, em Dezembro, a posts dia sim-dia não (como costuma ser habitual no blog), relacionados com esta época natalícia! Alguns já tenho pensado, e outros vou ter que dar mais asas à imaginação, mas acho que vai ser sem dúvida um desafio fantástico para mim, enquanto Carta!

     No entanto, tenho uma pergunta para vos fazer: Costumam seguir algumas regras, enquanto fazem Blogmas? Conhecem algum desafio que diga explicitamente sobre o que é suposto postar (Ex: No primeiro post fala-se sobre a música de Natal favorita, no segundo fala-se sobre as prendas...)? Eu fui procurar e não encontrei nada, por isso adoraria que me explicassem, caso souberem de alguma coisa. Sabem como é, é a minha primeira vez a fazer Blogmas, não quero desiludir ninguém...

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Fazer planos com amigos nos 20s

    Ultimamente é mais ou menos assim que me sinto. Quem anda na faculdade, ou já está a trabalhar, sabe do que estou a falar. Combinar saídas com o nosso grupo de amigos é mais difícil do que juntar as ovelhas ao rebanho. Vai tudo para seu lado!

    O pior é ao início, e falo-vos de experiência própria, quando estamos habituados a estar com os nossos amigos praticamente todos os dias, e de um momento para o outro, tudo muda. Ou é os trabalhos, a faculdade, o/a namorado/a, os horários distintos... Seja o que for, cada um tem a sua vidinha, e torna-se cada vez mais complicado estarem todos juntos.

    Apesar deste panorâma, nem tudo está perdido, pois com muita força de vontade e compromisso, tudo se consegue! Graças às nossas queridas amigas redes sociais torna-se mais fácil manter contacto com as pessoas que gostamos, por isso não há desculpa para não meter a conversa em dia, sempre que for possível! E depois, é uma questão de ajuste de horários, e "sacrifício" de ambas as partes, em comprometer em saírem juntos 1 vez por semana, ou quando não é possível, semana sim/semana não, ou mesmo 1 vez por mês.

    O que interessa é ambas as pessoas quererem estar juntas, e demorando mais ou menos tempo, vão-se encontrando e fazer planos, sempre que puderem. Na minha opinião, não são uns dias, semanas, ou mesmo meses que separam amizades verdadeiras (amizades estas, muitas vezes, de anos!). Tudo o que for para ser, será, basta haver um interesse em ambas as partes. E não desistirem! 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Eu não confio em quem (diz que) gosta de Batata Doce!

 

    Ontem foi o aniversário de um querido amigo meu, e para festejar fomos todos enfardar-nos nos hambúrguers (se me tivessem a seguir aqui já saberiam disto, por isso se ainda não seguem, o que estão esperando? ). No entanto, POR ENGANO, trocaram o meu prato de batatas fritas que tinha pedido, com as batatas doces desta menina... E, oh meu deus, a diferença foi gigante...

    Sim, eu nunca tinha provado batata doce. Nunca tinha calhado! Cá em casa os meus pais raramente comem, e pelo aspeto, nunca me tentou provar, ao vê-los comer (porque será...blargh). Mas agora que provei, digo-vos do mais sincero do meu coração: Como é que raio vocês gostam daquilo?

    São duas combinações que simplesmente não conjugam: batata + doce. Onde é que já se viu combinar batatas, que são tão boas quando são salgadinhas, fritas e estaladiças, com algo docinho? Vocês juntam batatas e chocolate? Ou batatas, e marmelada? Não! Sabem porquê? Porque não combina! Não existe!

    A batata e o doce não foram feitos um para o outro. Nunca irá resultar, esqueçam. É uma relação sem futuro (pelo menos para mim...).

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Sobre ser anónima no Sapo

    No dia 6 o meu post sobre a Web Summit foi destaque (obrigada Sapinhos, mais uma vez!), e o que é certo que nesse dia fui a Lisboa (como bem vos disse  no post) para lados que desconhecia, que nunca tinha ido. E foi precisamente para esses lados, mais concretamente perto de Picoas, que calhei dar de caras com o prédio da Sapo!

    E eu achei aquilo tão... fantástico. Ali, mesmo à minha frente, estava alguma alminha caridosa que, naquele dia, por algum motivo, tinha achado por bem destacar o meu último post.  A minha primeira reação foi ir lá e agradecer o destaque, que todas as vezes me deixa tão feliz.

    Mas depois lembrei-me, ninguém faz a mínima ideia de quem é a carta... E que, se eu de facto fosse lá fazer isso, muito provavelmente a reação deles seria "Mas o que é que esta maluca está para aqui a dizer?.". Ou algo muito semelhante. E ao pensar nisso, não pude evitar esboçar um sorriso de orgulho. Porque é mesmo assim que eu quero que seja. 

    O objetivo do blog nunca foi tornar-me famosa, nunca foi ficar mais (re)conhecida. Nunca quis que a minha cara aparecesse em nenhum lugar associado ao blog, basta-me um nome: a carta. É mais do que suficiente.

    Isso não quer dizer que não tenha grandes expetativas com o blog, que eu todos os dias não dê o litro para o tornar cada vez melhor para vocês, para mim, para todos. Cada dia 'a carta' se torna mais "eu", e cada dia me dá mais gosto escrever.

    Já é o meu cantinho pessoal. Já conheço grandes pessoas aqui, já é parte de mim. Contudo, nem tão cedo vai deixar de ser anónimo, porque é assim que me sinto mais à vontade, e é assim que me deixa feliz. Pelo menos, por agora... 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Os meus pensamentos (por ordem) sobre o Web Summit

OH MEU DEUS, A JENNA MARBLES E O ALFIE DEYES VÊEM CÁ A PORTUGAL, TENHO DE OS IR VER!!!!

 

Apercebo-me que o bilhete de entrada é tipo 1.000€, e desisto logo da ideia. Para além disso, quando vou ver os bilhetes já estão esgotados...

 

Lembro-me rapidamente que a Web Summit É JÁ HOJE, e que isso significa que os transportes para Lisboa devem estar a abarrotar de gente, e adivinhem quem vai para Lisboa hoje...

 

 Desejem-me sorte.

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Pág. 1/2