Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

#4DomingoConsultório: Dificuldade em tomar decisões...

garfield.png

    Bom domingo a todos! Hoje é dia de abrir o nosso consultório! (Fico feliz por ainda gostarem de ouvir o que esta gajinha desbaralhada tem para dizer, por isso muito obrigada!! ). Hoje foi a nossa querida desarrumada a deixar-nos a sua questão!

    "Um dos problemas que me afectam mais é não conseguir tomar decisões. Fico sempre com aquela sensação de que ao decidir algo vou estar a "perder" outra coisa, e que ambas as decisões têm coisas negativas e positivas, sendo-me extremamente difícil escolher uma delas.... Muitas vezes acabo por evitar a escolha e não decidir nada, adio, adio, até perder a oportunidade. Isto tem prejudicado a minha vida em muitos aspectos. Já ando a ver uma psicóloga porque a situação tornou-se insustentável... mas gostava de saber a tua opinião sobre este "problema".

    Cara desarrumada, a meu ver, a dificuldade em tomar decisões pode ter a ver com:

  • A falta de confiança que temos em nós próprios: Por sermos pouco seguros podemos ter medo da reação dos outros e/ou não nos sentirmos à vontade para tomar uma determinada decisão. Neste caso, há que trabalhar a nossa auto-estima e despreocupação com o que os outros pensam, de forma a sentirmo-nos menos 'culpados' da nossa decisão. Há que ter em conta que em primeiro lugar temos de pensar no que é bom para nós e naquilo que nós queremos, e nunca nos devemos sentir mal por isso!
  • Ou... Não sabermos o que é que queremos: Muitas vezes por pensarmos demasiado nos outros, podemo-nos esquecer o que queremos para nós próprios. Ou então, temos dificuldade em escolher a melhor opção por conseguirmos ver os pros e contras das duas escolhas. Nessa situação devemos explorar, sempre que possível, as duas opções em causa, de forma a conhecermo-nos melhor, e, no futuro, sabermos dizer de forma mais assertiva o que gostamos mais. Lembremo-nos: a prática leva à perfeição. Podemos demorar a tornarmo-nos mais decididos, mas é um treino constante que bem cumprido, dá frutos.

    Apesar de tudo isto, aconselhava-te a manter as "visitas regulares" à tua psicóloga.  A dificuldade na tomada de decisões está muito relacionada com o stress e ansiedade. E muitas vezes com estes níveis emocionais estabilizados, processos cognitivos como a tomada de decisões e o raciocínio lógico trabalham muito mais facilmente! Boa sorte!

    E por hoje é isto! Gostaram? Para terem aqui a vossa questão respondida para a semana só têm que: comentar este post com a vossa questão (em anónimo se não se quiserem expôr, ou com o vosso blog), comentar o post do meu instagram que irá sair sobre o Domingo de Consultório Aberto, OU mandar um e-mail para umacartaforadobaralho@hotmail.com (onde podem, mais uma vez, identificar-se ou não, conforme queiram ou não manter o anonimato). 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartafora.

Desafio #ELEOUELA

 

    Foi este o desafio lançado pela Maria das Palavras no instagram, onde eram criadas sondagens do género "Quem vai fazer o pequeno-almoço?" ou "Quem fica com o comando da televisão?", e o público decidia quem fazia o quê: Ele, ou Ela. Eu diverti-me imenso ao ver os resultados da Maria, então decidi, em conjunto com o gajinho, entrar também na brincadeira! 

    Por isso vai aqui a lembrança: Quem ainda não me segue, e quiser votar em qual dos dois toma estas decisões, o meu instagram é @umacartaforadobaralho. Passem por lá, que ainda vão a tempo de votar! 

    Amanhã terminam as sondagens, e no Domingo eu e o gajinho vamos cumprir os vossos desejos, a pedido de muitas famílias... Espero que gostem! 

    E...ah! Todos os leitores estão convidados para o desafio! Vão ver que vão achar um fartote fazer este desafio com o/a vosso/a cara metade!!  

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartafora.

Youtubers e as Histórias da vida real

youtubers.png

    Desde que me conheço que sempre fui fã de reality shows. Cresci com o Big Brother, na minha adolescência apaixonei-me pelo The Bachelor, Catfish e outros afins da MTV, e atualmente perco-me com um Secret Story (#rip).

    Sinceramente, nunca tive vergonha em mostrá-lo - não só no blog como na vida real, - e todas as pessoas mais próximas de mim sabem o quão adoro reality shows. Mas ultimamente tem surgido algo MELHOR do que os reality shows: os youtubers. Se pensarem bem, os youtubers são pessoas que criam o seu próprio conteúdo, no seu canal, contando as suas histórias de vida. Histórias estas que seguimos religiosamente, como se de episódios de um programa se tratassem. E eu admito, estou rendida a isto!

    E não é só aos youtubers americanos que me refiro, os portugueses também têm o seu lugar especial no meu  (apoiar o que é nacional, ora lecas! ). Seja a fulana tal que engravidou, o casal xis que se separou, o drama daquelas vidas reais (Tanacon) incorporou-se em mim de tal forma, que é como um vício chato que não consigo largar! Eu vivo os seus vlogs, as suas histórias, e as suas vidas como se vidas de amigos meus se tratassem!

    E para todos aqueles que já estão prontos a criticar-me, pela minha queda por reality shows e por todas as histórias "fabricadas" (ou não) no youtube, antes de falarem, sugiro-vos apenas que reflitam sobre uma coisa: Vocês também não seguem amigos, colegas e desconhecidos no facebook, snapchat (quem ainda usa... ), instagram, e blogs acompanhando o seu dia-a-dia nos stories, e os seus desabafos nos seus posts? Se a resposta é sim, não há muito por onde me possam julgar, pois vocês próprios estão a ver os reality shows de quem vos segue. Estão a ver as histórias dos vossos conhecidos na vida real!

    Por isso juntem-se mas é aqui à Tia Carta, vão buscar uma mantinha e as pipocas, and... let the show begin

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartafora.

#3 DomingodeConsultório: Ansiedade

 

    Ora boas tardes!! Hoje é domingo, sabem o que isso significa? Isso mesmo, é Domingo de Consultório, o que significa que o nosso consultório está aberto!  

    Hoje tivemos a Emma como convidada ao nosso divã, e ela veio-nos colocar uma pergunta muito interessante, ora vejam só (e obrigada minha querida pela tua questão!):

 

    A Emmablogue13 diz: "Tenho tendência a imaginar sempre as piores situações. Por exemplo, vou no carro e de repente há um barulho estranho eu começo logo a imaginar que vamos bater e/ou morrer. E nem sou uma pessoa negativa, excepto em situações onde pode haver perigo, mas depois passa. A minha questão é: Isto pode vir a provocar-me ataques de asiedade um dia mais tarde, ou outra coisa qualquer?"

 

    Olá Emma! Na minha opinião, há sempre pessoas que, em situações de stress, tendem a imaginar o pior cenário possível. E isso pode não querer dizer nada, pode simplesmente ser a sua forma de pensar. No entanto, depende muito de como te sentes cada vez que tens esse tipo de pensamentos. A ansiedade é sempre seguida de pensamentos frequentes, que originam um mau-estar no corpo muito grande. Caso sintas o coração acelerado, suores frios ou mais dificuldade em respirar nesses momentos, acho que deves consultar um psicólogo para te avaliar de forma mais completa. No entanto, caso não passem de pensamentos momentâneos e não sintas nada daquilo que mencionei anteriormente, não tens razão para te preocupar.

    E por hoje ficamos por aqui! O que acharam do Consultório de hoje? Para terem aqui a vossa questão respondida para a semana só têm que: comentar este post com a vossa questão (em anónimo se não se quiserem expôr, ou com o vosso blog), comentar o post do meu instagram que irá sair sobre o Domingo de Consultório Aberto, OU mandar um e-mail para umacartaforadobaralho@hotmail.com (onde podem, mais uma vez, identificar-se ou não, conforme queiram ou não manter o anonimato). 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartafora.

Pág. 2/2