Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

A minha noite de Natal diferente...

natal carta.png

 (o Instagram viu estas fotos primeiro!)

    Este ano (tal como nos últimos) o meu Natal não foi passado com a família completa - desde os primos aos bisavós- , mas apenas com os 4 habituais lá da casa (mãe, pai e irmã). Em primeiro lugar porque já não tenho bisavós, e em segundo, por motivos pessoais que não vale a pena falar aqui.

    Como não nos reunimos com os restantes familiares, desde há tempos para cá que passamos o Natal fora. Arranjamos esta estratégia talvez até como "mecanismo de defesa" (um dia explico-vos o que isto é) ao facto de passarmos só os 4.

    E tem sido óptimo, até agora.Conhecemos novos sítios, saímos de casa, e arranjamos uma oportunidade para estarmos todos juntos e nos divertirmos. Este ano fomos até Armação de Pêra e arranjámos uma óptima promoção num hotel 4*, que mais parecia um resort paradisíaco: super quentinho (as pessoas andavam de manga curta no hotel!), lindíssimo de morrer, e com piscina exterior, interior e spa (o qual aproveitamos sempre que possível)...

    E como é que passei a minha noite de Natal, perguntam vocês? (se se derem ao trabalho de querer saber, como é óbvio...) Passei com muitos doces, e jogos à mistura.  Fiz brownies em forma de árvore de Natal e bonecos de neve pr'a malta, e trouxemos Milka e Ferrero Rocher (sim, somos uns gulosos..). E depois jogamos Snooker, Bowling e ao Amigo Secreto, onde cada um teve que adivinhar qual era a sua prenda secreta.

    Jantámos no restaurante do hotel o tradicional bacalhau da consoada, assistimos a um concerto de Natal, e à meia noite abrimos finalmente as prendas! Decorámos os nossos quartos a rigor: com árvore, decorações, balões... E foi assim que trouxemos o Natal até nós, e ao nosso quarto de hotel.

    Sei que é um Natal muito diferente do que a maioria das pessoas passa, mas eu encaro-o antes como um Natal mais original. A desvantagem? Não há a convivência com a família mais alargada, não há o ambiente da nossa casinha, nem os doces caseiros. Mas sabem que mais? Há o amor e convivência com as pessoas que eu mais amo na vida, há experiências únicas, há memórias a recordar no futuro... E para além disso, como não trazemos todas as prendas na nossa viagem, temos ainda a vantagem de chegar a casa e abrir ainda mais prendas, as que restam...Por isso não tenho nada com que me queixar 

    O que acharam deste Natal diferente? Como foi o vosso? JÁ AGORA, o que acharam da estreia da Carta no Blogmas? Espero que se tenham divertido tanto como eu me diverti! Os próximos posts voltaram aos tópicos normais (para bem ou mal dos vossos pecados...)!

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

6 comentários

Comentar post