Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

E tudo o Sapo levou...

Sapo.png

    "Ah e tal, e como é que correu a Comic Con, Carta?" - perguntam vocês (os que querem saber imagino eu)

    Olhem, correu muito bem... Tirando a parte em que eu andei feita doida de um lado para o outro à procura do Sapo, da SAPO, imaginem vocês!

    Eu sabia que o Sapinho ia lá estar, a distribuir sapos de peluche a quem tirasse uma foto com eles, e eu digo-vos, o mais honestamente possível, eu estava tão entusiasmada com a ideia de ter um sapo da SAPO! Estava em êxtase ao imaginar ter algo finalmente real, que representasse o meu blog, que eu tanto amo!

    Dias antes eu queria ter ido a Picoas também para celebrar o aniversário da SAPO (e ganhar o peluche ), mas como não me foi possível desta vez pensei: Não há hipótese de eu hoje sair desta Comic Con sem um sapinho nas minhas mãos! Vou fazer de TUDO!

    E fiz. Cheguei lá, percorri o Passeio Marítimo do Algés de uma ponta à outra à procura da banquinha da SAPO, e nada. Depois, mudei de táctica. Virei-me para as pessoas que encontrei que tivessem um sapo de peluche com elas: "Olhe, desculpe, onde arranjou esse sapo?"

    Muito penei eu! Umas indicavam-me para um lado, outras para o outro. Parecia uma barata tonta. O recinto do Passeio Marítimo do Algés era maior do que eu imaginara, e era como se tivesse à procura de uma agulha num palheiro.

    Cheguei a dar "free hugs" para receber a minha resposta, e cheguei também a ouvir um "Ah, este sapo? Não é daqui, eu comprei noutro sítio...". A minha reação foi algo semelhante a isto:

    Por fim, encontrei o balcão de informações da Comic Con e perguntei-lhes se sabiam, por acaso, onde ficava a banquinha da SAPO. Foi aí que me disseram: "O SAPO não tem banca, ele anda por aí à solta." Entrei em pânico! O SAPO?! À solta??!

    A seguir, foi um stalkanço ao instagram da SAPO... Estava constantemente nos seus stories, fui vendo e atualizando a hashtag #comiconsapo para ver onde ele estava... Eu virei o Sherlock à procura do sapo desaparecido. 

    Mas como tenho mais jeito para outras coisas do que para ser detetive, no final vim para casa de mãos a abanar...  SAPO, isto não vai ficar por aqui... Preparem-se, que eu não sou mulher de desistir!  

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

6 comentários

Comentar post