Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

umacartaforadobaralho

"o segredo é teres sempre uma carta na manga"

5 Razões pelas quais eu gostava de ser homem (no Verão)

1) Podem andar por todo o lado sem a parte de cima vestida (porque está calor), e ninguém lhe diz nada. Se eu fosse para a rua sem a minha parte de cima era o escândalo! 

2) Têm o cabelo curto e não ficam hiper-transpirados no pescoço nos dias quentes. Agora vocês dizem: "Ah e tal, mas vocês também podem cortar!" Poder podia, mas a minha cara ficava a parecer um ovo com uma testa gigante. So that's a no, no. 

3) Podem andar com as pernas e braços todos peludos que ninguém quer saber. Já nós, todos os dias temos que ter uma conversa com a nossa querida amiga gillette, se estivermos a pensar andar de saia.

4) Não têm que se preocupar se estão com o período ou não quando combinam uma saída na praia ou na piscina porque duh... não têm!

5) NÃO TÊM QUE ESTAR NA FILA DA WC, NOS FESTIVAIS DE VERÃO! No último festival que fui estive quase uma hora na fila para a casa-de-banho das mulheres...

 

Há mais de certeza, eu agora é que não me escorre mais nenhum... Mas isto já me passa, de certeza. Estes 32º cá do sítio estão-me a querer queimar os neurónios também... 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Dirty mind!

    Vou-vos contar uma coisa, mas não digam a ninguém: Há semanas em que salto de um para outro, e nem dá para aquecer o lugar! E o problema não é deles, é meu! Estou com um, mas depois vejo que o final daquilo não vai ser muito feliz ou que aquilo não é pró meu bico, e sigo logo para outro. Não consigo controlar. Não gosto muito de perder tempo, especialmente quando vejo que não foi feito para resultar comigo! Até sou capaz de ir dando umas voltinhas aqui e ali, mas depois quando deixar de achar piada aquilo, next

    As pessoas muitas vezes comentam "Já? Outro?? A última vez que te vi estavas com o..." e eu digo a verdade, que não resultou. Confesso que sou um bocado esquisita com os livros, mas o que hei-de fazer? Com a biblioteca mesmo aqui ao lado de casa, a variedade é muita por onde escolher!

 

    O que é que foi? O que é que vocês pensavam que eu estava a falar? You nasty... 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Dia do Azar

 

    Eu sei, ontem não foi sexta-feira 13, mas para mim foi o meu dia de infortúnios. 

  • Fiquei entalada nas portas do metro. Sim, literalmente. Eu estava ali tipo bifana à la carte! Escusado será dizer que doeu pra caraças...
  • As empregadas esqueceram-se do meu pedido, ao lanche e ao jantar! Ao lanche pedi uma torrada e deixaram-na queimar não sei quantas vezes, e ao jantar esqueceram-se do que eu tinha pedido, e tive que ficar o dobro do tempo à espera (eram em sítios diferentes, só para informar). O gajinho teve de ficar a ver-me comer no final (Sou assim tão facilmente esquecida?! )
  • Os ténis novos que comprei - estreados ontem - apitavam em tudo o que era loja, o pior era quando não apitavam à entrada da loja, mas sim à saída! Toda a gente ficava a olhar para mim com ar de "Eish, olha aquela, a ladra do pingodoce!" Por amor de Deus, se alguma vez quisesse roubar não acham que preferia apostar numa Sephora, ou numa Sacoor? Há que ser uma ladra com nível. Enfim, que p-e-s-a-d-e-l-o! 
  • Por fim, mas não menos importante, fiquei a saber que o meu casal favorito da internet separou-se. Quem é fã da viner e youtuber Liza Koshy sabe do que estou a falar. O vídeo deles a falarem da sua separação faz-me sentir all the feels... 

    Obviamente isto não quer dizer que ontem acontecesse alguma coisa de graveeeeee, mas simplesmente estava num dia em que eram só coisas chatas atrás umas das outras, e por isso resolvi partilhar com vocês as minhas 'desgraças' (eu sei, sou uma drama queen...)

    E para balançar esta maré de azar, NÃO É QUE HOJE FUI DESTAQUE PRINCIPAL NA SAPO?! Eu nem tenho palavras para escrever aquilo que senti quando soube disto! Muito obrigada à sapo por tornar este dia tão especial para mim, e acima de tudo, por querer partilhar um dos posts que eu acho mais bonitos em termos de valorização da nossa auto-estima, e daquilo que somos. Desejo-vos um (resto de) dia cheio de sorte para todos!

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Fazer o luto de uma série

    Ultimamente a minha vida não tem sido a mesma. Costumava chegar a casa, depois de um dia cansativo, deitar-me na cama, e ver o próximo episódio da La Casa de Papel. Agora não! Chego a casa, deito-me na cama depois de um dia de trabalho, e...falta ali qualquer coisa. 

    Sentimentos de vazio, tristeza profunda, não saber o que fazer com a vida...são sintomas muito recorrentes quando se termina uma boa série, como esta. E eu sei que não devo ser a única a sentir-se assim quando uma série acaba (ou quando estamos à espera da próxima temporada, como é o caso ).... Na minha opinião, quem se encontra na mesma situação que eu, devia fazer o luto da série que terminou como deve de ser, para conseguir ultrapassar esta perda e seguir com a sua vida no mundo das séries!

    Por isso mesmo, delineei cinco passos em baixo de como eu vou fazer o luto da minha querida La Casa de Papel. Dêem uma olhadela, e depois digam-me o que acham:

1º Aceitar que acabou. O primeiro passo deve ser aceitar que a série já chegou ao fim, pelo menos por agora, e que não vamos ver o Professor tão cedo. Berros, choros e amuos são fundamentais para ultrapassar esta primeira fase.

2º Explorar ao máximo possível os últimos trunfos da série. Isso inclui ver os behind the scenes, the making-of, bloopers, castings, entrevistas com o elenco, etc.

3º Stalkar o elenco. Seguir os atores/realizadores/escritores da série em todas as redes sociais para ver se há notícias da série, juntarmo-nos a clubes de fãs e páginas de apoio da série, e por aí fora...

4º Desabafar com os nossos amigos, e tentar viciá-los na série também. Com sorte, pode ser que consigamos converter a alguém a ver a série, e aí temos uma desculpa para ver a série com eles, e vê-los passar por tudo aquilo que nós passamos.

5º Finalmente, assistir a novas séries! Embarcar numa nova jornada, no fundo. O que é melhor para largar um vício, do que apanhar um novo?  A nível de séries foi-me recomendada, para quem foi fã de La Casa de Papel: o Black Mirror, Mr. Robot, Agatha Christie’s Poirot, Breaking Bad e How to Get Away with Murder. E vocês, têm mais alguma (boa) recomendação de séries?

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Até eu que não percebo nada disto do futebol...

brunooo.png

...Acho um bocadinho estúpido estas embirrações do Bruno de Carvalho, com os jogadores. Sou só eu?! Parece um puto amuado, que resolveu fazer uma birra "Ai é falam mal de mim? Então já não brincam mais comigo às casinhas."

Se ele tinha alguma opinião menos positiva acerca dos seus jogadores, porque não a deu em privado, ele também?...

Super Nanny, onde estás tu quando se precisa de educar os presidentes dos clubes? 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Os meus pensamentos (por ordem) sobre o eHealth Summit

eHealth.png

 

No ano passado fiz um post igual a este mas sobre o Web Summit, e muita gente gostou, por isso achei que deveria repetir, mas com o eHealth desta vez... 

1º OH MEU DEUUUUS!!! Fui escolhida para participar no eHealth Summit, sinto-me chique, oh yeaaaah! 

 

2º 'Pera! A entrada é GRATUITA? Estou chocada! Porque é que no Web Summit paga-se um balúrdio, e este, só por ter a ver com a saúde (e eu vou), é de borla?

  

3º MAIS DE METADE DOS EVENTOS SÃO RESERVADOS, ou precisavam de inscrição prévia (que esgotou em 5 segundos...). What the hell... Fui enganada 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

Sobre este tempo...

    Ontem cheguei ao trabalho tipo pinto: dos pés à cabeça, toda eu não tinha uma pontinha que estivesse seca. Acho que fui eu, e mais de metade dos portugueses. Porque assim que dei conta, toda os trabalhadores da minha empresa que iam chegando, descalçavam-se, e punham os seus sapatos ao pé do aquecedor, para secar.

    Sim, leram bem, eles DESCALÇAVAM-SE. Começaram a andar lá só de meias, de um lado para o outro.

    E eu só olhava para eles e pensava na auto-confiança em si próprio que é preciso ter para fazer isso. Se fosse eu começava logo: "Será que as minhas meias tão iguais? E estaram em bom estado? E os meus pés, cheiraram a chulé?"

    É que eu faço uma viagem de uma hora até chegar ao trabalho e farto-me de andar de um lado para o outro, por isso nunca se sabe...

    Por tudo isso lá continuei eu com os meus sapatos (e o resto!) encharcados, a secarem-me na pele. No ver da Carta, mais vale uma boa constipação, do que uma boa humilhação! 

 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

A super-placa!

 

    O meu pai usa placa dentária desde muito recentemente, então ainda não está muito habituado.

    Há dias ele estava no Pingo doce, e como constipado que está, não parava de espirrar, e tossir, para todo o lado.

 

    Às tantas, saca de um espirro do tamanho do mundo (ATCHÔÔÔÔ!), e só se vê a placa a atravessar um quarto da superfície do supermercado.

 

    "É o Super-Homem? É um avião? Não, é a placa do shô João!"

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.

História Moderna de Terror

    Encontrei hoje este vídeo, e parti-me a rir. Primeiro, porque me lembrou do gajinho, que não tem redes sociais (eu sei, ele é um alien!), e por isso senti uma ligação tão grande com a rapariga do vídeo; e depois porque... é tão verdade!!! Todos nós fazemos estas figurinhas quando vemos casos destes!!

    Divirtam-se 

Sigam-me no Instagram @umacartaforadobaralho e no Twitter @umacartaforado.